Diretório Estadual do PT define ações de atuação do partido

O Diretório Estadual do PT/SC realizou neste sábado, dia 30, no plenário da Alesc uma reunião ampliada. O encontro teve por objetivo organizar as próximas ações do partido visando as eleições municipais, além de fazer uma análise da conjuntura federal e estadual.
Na pauta também esteve a vinda da Caravana Lula Livre com Fernando Haddad para o Estado no próximo sábado, e o ato por Lula Livre, em Curitiba, no dia 07.
“Temos uma agenda intensa nos próximos dias com a vinda da Caravana e também nossa luta pela democracia e a injusta prisão do presidente Lula. Além disso, temos a missão de combater os retrocessos das desastrosas decisões do governo Bolsonaro que está acabando com todas as políticas públicas do país”, destacou o presidente do partido, Décio Lima.
O Diretório Estadual também definiu, com base no programa de governo apresentado nas eleições de 2018, fazer oposição ao governo Moisés/PSL, na medida que este está sintonizado com o governo Bolsonaro como, por exemplo, na defesa da reforma da previdência e na concepção de estado mínimo, que nos levarão ao aumento da pobreza e da desigualdade social.
Reforma da Previdência
O desmonte promovido pelo governo Bolsonaro e os projetos que estão em curso hoje no país, como a Reforma da Previdência, foram alguns dos temas do debate realizado pelo advogado especialista em Direito Previdenciário, Matusalém dos Santos.
Para o advogado, a reforma é bastante negativa para os trabalhadores, seja do setor público ou privado, pois transforma a nossa previdência em uma das piores do mundo se comparada com outros países.
“Tanto a exigência da idade mínima para se aposentar, mas sobretudo quanto ao cálculo do valor dos beneficiados. A questão da idade mínima vai atingir a todos, mas para muitos que são jovens talvez não se preocupam porque é um futuro distante”, avalia Matusalém.
Compartilhe
Sem comentários

Deixe seu comentário