Saretta faz balanço do trabalho intenso de combate à Covid-19 durante a pandemia

O deputado estadual Neodi Saretta desenvolveu diversas ações na área da saúde voltadas ao combate da Covid-19, durante a pandemia. Dentre os projetos protocolados, tiveram destaque o que dispõe sobre a transferência dos recursos da suspensão temporária das parcelas da dívida de Santa Catarina com a União, de R$ 300 milhões, para o Fundo Estadual da Saúde e o Fundo de Apoio aos Hospitais Filantrópicos. Também o que propõe o pagamento de gratificação de adicional de insalubridade de 40% aos trabalhadores da linha de frente, em razão da decretação de emergência de saúde pública.

Saretta ressaltou como de extrema importância o projeto protocolado, através da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, da qual é presidente,  estabelecendo prioridade de atendimento aos servidores da saúde na destinação de equipamentos de proteção individual (EPI) e na testagem da Covid-19. “A medida é voltada aos que estão atuando no atendimento da população em hospitais, ambulatórios, estratégia saúde da família, unidades básicas e instituições de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo é evitar a disseminação da doença entre os profissionais e a população que busca atendimento”, explicou o deputado.

Além dos projetos, fez diversas indicações e requerimentos solicitando ao governo aquisição de EPIs e testes rápidos pelo Estado a todos os municípios e respiradores para unidades hospitalares e de pronto atendimento. É do deputado as propostas de vacinação contra a gripe a domicílio ou pelo sistema drive-thru para as pessoas com dificuldades de locomoção e a renovação do contrato temporários dos médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e farmacêuticos.

Outras medidas relevantes do parlamentar, foram a antecipação da formatura dos estudantes dos cursos técnicos em saúde e que já completaram a carga horária exigida e a solicitação para o Plano SC Saúde, da cobertura do exame para a Covid-19. Requereu o pagamento, em regime de urgência, das emendas para a área da saúde de municípios e unidades hospitalares. Solicitou a instalação de mais leitos de UTI e de retaguarda no Hospital São Francisco, de Concórdia, além da retomada do pagamento da produção extrateto aos hospitais.

Compartilhe
Twitter
Visit Us
Follow Me
Instagram
Siga o PT
LinkedIn
Share
Sem comentários

Deixe seu comentário