Saretta destaca importância do SUS diante da pandemia e cobra mais investimentos na saúde

O deputado estadual, Neodi Saretta, enfatizou na sessão plenária de hoje (03), na Assembleia Legislativa (Alesc), que se o Sistema Único de Saúde (SUS) recebesse mais investimentos, fosse fortalecido e visto com “melhores olhos” pelos governantes, o Brasil estaria em vantagem em relação a outros países no enfrentamento à pandemia do coronavírus. “Quantas mortes teríamos se não houvesse um sistema público de saúde?”, questionou.

Segundo o deputado, o SUS nunca esteve tão presente na vida dos brasileiros. Criado pela Constituição Federal em 1988, sob os princípios do acesso igualitário e universal, é considerado o único modelo no mundo capaz de atender a toda uma nação. “Vai muito além do atendimento aos doentes, pois articula as unidades básica com as de urgência, emergência, terapia intensiva e internação. Essa rede, que só o SUS oferece, possibilita um atendimento mais eficaz”, disse.

Para Saretta, a pandemia da Covid-19 vai passar, mas deixará um alerta para o mundo. “Aqui no Brasil, teremos que enfrentar as filas, que já eram grandes, dos procedimentos eletivos e tratamentos que foram suspensos neste período, e vai precisar ainda mais de recursos para fazer frente às demandas e evitar que o sistema e os hospitais entrem em colapso”, advertiu.

Outro alerta feito pelo deputado, é em relação às populações mais pobres, aglomeradas nas grandes cidades. “Temos que repensar as condições de vida dessas pessoas, pois, infelizmente, é aí que o vírus mais se alastra. É também com investimentos em saneamento, habitação popular, proteção e educação que se faz um país melhor.”

 

Compartilhe
Twitter
Visit Us
Follow Me
Instagram
Siga o PT
LinkedIn
Share
Sem comentários

Deixe seu comentário