Ana Paula reclama que hospitais impedem doulas de acompanharem parturientes

O deputado estadual Neodi Saretta abriu a discussão de hoje (29) sobre os “Desafios e soluções para partos e nascimentos em Santa Catarina em tempos da pandemia Covid-19” com a explanação da ex-deputada estadual, Ana Paula Lima (PT), na Comissão de Saúde. Ana Paula promoveu vários debates sobre a humanização do parto e nascimento em seus mandatos na Assembleia Legislativa, para garantir às parturientes a presença das doulas no momento do nascimento de seus filhos. “Os hospitais não estão deixando que elas permaneçam junto às gestantes e no caso do Marieta {Hospital e Maternidade Marieta Konder Borhausen}, de Itajaí, ninguém pode acompanhá-las”, disse.

Representantes das doulas relataram a falta de diálogo e respeito às conquistas das mulheres durante a pandemia. “Não queremos que atuem sem nenhum tipo de restrição ou critério. Entendemos o momento, reconhecemos o grande empenho dos profissionais da saúde”, disse a assessora da Associação das Doulas de SC, Mariana Salvatti Mescolotto.

Ela disse que até a amamentação está sendo prejudicada, porque as mulheres não estão tendo o contato pele a pele logo depois do nascimento, sendo que medidas simples de higienização na área do peito e dos seios resolveriam. “A amamentação precisa ser restabelecida, inclusive para diminuir o risco de adoecimento do bebê.” Mariana enfatizou que doulas são educadoras perinatais, contribuem com as informações, diminuem a necessidade de tempo de internação, de intervenções hospitalares e auxiliam nos índices de amamentação.

 

Compartilhe
Twitter
Visit Us
Follow Me
Instagram
Siga o PT
LinkedIn
Share
Sem comentários

Deixe seu comentário