Queimadas: “Vamos pagar caro pela irresponsabilidade do Governo Federal”, afirma Pe. Pedro

O deputado Padre Pedro Baldissera apresentou, nesta semana, o quadro preocupante relacionado às queimadas no País. As áreas devastadas no Pantanal já somam o equivalente às cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte somadas. “Além de não fazer nada para conter a devastação, o presidente está incentivando a destruição de um bioma que é essencial ao equilíbrio climático no nosso País e no mundo”, disse o parlamentar.
Padre Pedro observa que a situação já é grave em razão da seca severa, contudo, o absoluto descaso do poder público tornou a situação incontrolável. “A maior planície inundada do mundo, que é o Pantanal, teve 12 % do bioma totalmente devastado. No Cerrado, a savana mais biodiversa do mundo, já são 38 mil focos de calor até o dia 16 de setembro, um crescimento de 86% desde o ano passado, que já foi um ano de devastação”, apontou o deputado.
Nesse contexto, explica Padre Pedro, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) só gastou 0,4% dos recursos para ações diretas e já prevê cortes no orçamento para 2021. “As mudanças climáticas geram uma série de impactos em nossas vidas. Nós temos pesquisas que apontam consequências como aumento de temperatura, redução de chuvas e consequentemente períodos mais secos em algumas regiões. Tudo isso impacta na produção de alimentos e na vida de milhares de pessoas”, concluiu.
Para o deputado, a própria justiça está sendo omissa na questão, quando não age para punir a omissão do Governo Federal. O contexto de devastação, na avaliação de Padre Pedro, pode trazer consequências graves inclusive para a nossa região, com redução das chuvas e aumento de eventos climáticos extremos.

Compartilhe
Twitter
Visit Us
Follow Me
Instagram
Siga o PT
LinkedIn
Share
Sem comentários

Deixe seu comentário