HomeNotíciasAvança na Alesc projeto para incluir educação em grupo prioritário de vacina

Avança na Alesc projeto para incluir educação em grupo prioritário de vacina

O projeto de lei que inclui os trabalhadores da área da educação como grupo prioritário para vacinação contra a Covid-19 foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Alesc desta semana . A proposta da Bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) prevê que nenhum profissional deste setor poderá ser obrigado a trabalhar de forma presencial sem que o Estado tenha disponibilizado a vacina de forma gratuita. O texto segue para a Comissão de Finanças antes da análise em Plenário.

Segundo o projeto, o ambiente escolar é “um espaço privilegiado para aglomerações, proliferação do vírus e um polo gerador de contaminação”. Destaca que, nos países onde se deu o retorno das aulas contingenciadas, a adoção de medidas mínimas preventivas (distanciamento social, uso de máscaras, lavar as mãos com sabão e uso de álcool em gel) não foi suficiente para conter o avanço do contágio.

Em Santa Catarina, diante da realidade das escolas, face à estrutura e precariedade para o cumprimento mínimo dos protocolos sanitários, “e no tocante aos recursos materiais e humanos tão em falta”, a situação se agrava enormemente.

Os deputados petistas relatam que os trabalhadores/as que atuam na educação são formados por um contingente com faixa etária superior a 40 anos, muitos deles com comorbidades, a maioria advindas do próprio exercício da profissão.

Compartilhe
Twitter
Visit Us
Follow Me
Instagram
Siga o PT
LinkedIn
Share
Sem comentários

Deixe seu comentário