PT lança campanha “PT Solidário” de combate à fome em Santa Catarina

O Partido dos Trabalhadores de Santa Catarina lança, nesta sexta-feira (23), às 19h, a campanha “PT Solidário” de arrecadação e distribuição de alimentos para amenizar a fome de quem mais precisa. O objetivo é somar-se à mobilização nacional de enfrentamento à atual situação de dificuldade vivida pelas famílias brasileiras. O chamado é para a militância, movimentos sociais, petistas com mandatos e integrantes de diretórios municipais, entre outros, organizarem ações em suas cidades como o mapeamento do público alvo e a instalação de pontos de coleta, com o intuito de formar uma grande rede de solidariedade.

“Em SC já são 196 mil pessoas com a fome batendo na porta. Por isso, pedimos que formem comitês em suas cidades e se juntem às entidades e movimentos já existentes, para que possamos arrecadar alimentos, materiais de higiene e limpeza e construir dignidade”, diz a deputada Luciane Carminatti. Segundo ela, sem comida não há condições das pessoas continuarem na luta, resistirem e terem esperanças.

O deputado Fabiano da Luz, líder do PT na Alesc, salienta que muitas famílias não estão tendo como se alimentar nesta pandemia. “Há muitos brasileiros passando fome. Se engaje, participe, ajude, vamos todos juntos matar a fome de todos os brasileiros, matar a fome de quem mais precisa neste país.”

O deputado Neodi Saretta, destaca que, neste momento de pandemia, mais do nunca a solidariedade é importante, assim como o envolvimento das lideranças nesta campanha. “Vamos juntos nos engajar nesta corrente positiva em favor da vida e da nossa gente.”

O deputado Padre Pedro Baldissera ressalta que o avanço da fome no Brasil é alarmante e que durante a pandemia atingiu 19 milhões de brasileiros e mais da metade dos lares (55,2%). “Quer dizer que 116,8 milhões de pessoas vivem algum tipo de insegurança alimentar”, disse, com base no Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid 19, realizado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede PENSSAN).

O presidente do PT/SC, Décio Lima, comenta que a ação é uma demonstração do compromisso histórico do Partido dos Trabalhadores que, por meio de programas sociais, nos governos dos presidentes Lula e Dilma, tirou o Brasil do Mapa da Fome. “O PT é a expressão da solidariedade, ela faz parte da trajetória do partido.”

A campanha “PT Solidário” amplia a mobilização nacional para que os trabalhadores e o povo possam contar com o apoio à sua sobrevivência e se soma à luta em defesa do emprego e pelo auxílio emergencial de R$ 600,00 para todos até o final da pandemia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe
Twitter
Visit Us
Follow Me
Instagram
Siga o PT
LinkedIn
Share
Sem comentários

Deixe seu comentário