Juventude Petista de Chapecó faz uma horta comunitária no espaço urbano

Um grupo de lideranças da Juventude do Partido dos Trabalhadores (JPT) organizou uma horta comunitária no modelo agroecológico no perímetro urbano. O local escolhido foi um espaço de 60 metros quadrados no terreno onde funciona o escritório regional do deputado federal Pedro Uczai no Bairro Maria Goretti em Chapecó, nas proximidades da Arena Condá. Os vereadores de Chapecó Valdir Carvalho e Deise Schilke, ambos do PT, participaram da atividade, além da presidenta municipal Ana Elsa Munarini.

“A ideia surgiu da necessidade de movimentar a juventude para atuar em uma atividade prática de cunho ambiental, social e político. Plantamos em torno de 400 mudas de verduras, hortaliças e plantas medicinais”, explica o coordenador da juventude petista de Chapecó, Matheus Kraemer. O agrônomo Anderson Munarini supervisionou o plantio e orientou o cultivo das plantas mais resistentes ao frio tendo em vista a chegada do inverno.

O cultivo de alimentos em áreas urbanas é tendência no mundo, o que se intensificou com a pandemia que restringiu a circulação de pessoas. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), até 2025, cerca de 80% da população mundial viverá em centros urbanos de países em desenvolvimento. A segurança alimentar passa a ser um grande desafio da população mundial e uma das alternativas é implementar hortas comunitárias nos espaços urbanos.

“Temos a oportunidade de engajar o jovem chapecoense em uma atividade prazerosa, que é mexer com a terra, produzir alimentos, gerar vida. Nesse processo, conseguimos dialogar sobre a importância da agricultura, do trabalho que é feito no campo, mas estamos fazendo aqui no espaço urbano,” destacou Uczai, que auxiliou os jovens no plantio.

Segundo Matheus, foi uma atividade muito prazerosa de ser realizada porque é um projeto que envolve solidariedade e sustentabilidade. “Quando a gente viu a muda na terra foi uma alegria. Desses canteiros cultivados vamos retirar os alimentos sem o uso de agrotóxicos que vão ser doados e com esse projeto vamos fortalecer os laços de solidariedade entre nós jovens chapecoenses”.

Agricultura Urbana

Hortas Urbanas são cultivadas em um espaço coletivo ou doméstico em áreas urbanas ociosas. A agricultura urbana tem como principais objetivos facilitar a distribuição dos alimentos nas cidades, diminuir o consumo de agrotóxicos e produzir alimentos sem agressões ao meio ambiente.

Neste projeto, entre as formas de plantio que podem ser utilizadas, o grupo de jovens, além do formato vertical, realizou a mística de plantação no formato em mandala. Elas são como espaços de integração e harmonia. “Mandala” em sânscrito significa “círculo”, sendo a representação geométrica do relacionamento íntimo existente entre o ser humano e o universo.

O manejo da plantação também se refere a quais e como as plantas serão dispostas no solo. Nos canteiros verticais, foram plantadas mudas de alface com beterraba, cenoura e repolho. A mesma lógica consiste na formação da Mandala, neste caso feita com mudas de chás e morangos, numa distância que possam compartilhar da mesma energia de crescimento.

Compartilhe
Twitter
Visit Us
Follow Me
Instagram
Siga o PT
LinkedIn
Share
Sem comentários

Deixe seu comentário