Padre Pedro manifesta indignação à motociata que vai acontecer em Chapecó

O Brasil ultrapassou as 500 mil mortes pela Covid-19, e mesmo com esse número, o presidente Jair Bolsonaro estará neste fim de semana no estado onde participa da motociata. Nesta semana, o deputado Padre Pedro manifestou sua indignação ao ato que vai acontecer em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

De acordo com o deputado, é inacreditável que o presidente continue realizando esse tipo de atividade, especialmente numa região cortada por rodovias e que estão em péssimas condições. “Não dá para acreditar. As BRs 163, 158, 282, 280, 470 estão intransitáveis e o presidente da República vem passear de moto. Espero que ele não passe pelo trevo da entrada de Chapecó, da BR-282 até o centro, porque esta é uma da poucas que estão boas, porque a presidenta Dilma Rousseff fez, mas ainda precisa ser inaugurada”, relembrou.

Padre Pedro questionou Bolsonaro e afirmou que ele deveria dar um jeito nas rodovias federais e mostrar porque veio. No entanto, segundo o deputado, o presidente mantém um ato e parece brincar com o povo catarinense. “O presidente até agora não mostrou a que veio. Presidente, vamos criar vergonha. O povo não aguenta mais. Não admite mais, não aceita mais. É preciso revitalizar e restaurar todas as rodovias federais. Até agora você não disse a que veio e vem aqui brincar com o povo catarinense”, destacou.

As rodovias federais de todo o estado, especialmente aquelas que cortam a região Oeste estão em péssimas condições de trafegabilidade.

 

 

Compartilhe
Twitter
Visit Us
Follow Me
Instagram
Siga o PT
LinkedIn
Share
Sem comentários

Deixe seu comentário